• Equipe Mulher da Palavra

O perdão emerge da cruz, por pr. Antonio Mendes


Parece um paradoxo, mas dizer que a cruz é um vazio que nos preenche é a mais pura verdade. Quando olhamos para ela vazia, a esperança do perdão ganha uma força incrível. A visão dela vazia nos transporta para a realidade do pecado vencido. Então, podemos declarar como o apóstolo Paulo: Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?” (1Coríntios 15.55).

Muitas vezes, Deus nos desafia a perdoar alguém por alguma situação que, humanamente, achamos impossível. Este é momento em que podemos olhar para a cruz vazia e ver nosso ser inundado de coragem, ousadia e capacitação sobrenatural, para fazer o que Jesus faria se estivesse em nosso lugar.


No vazio da cruz vemos a maior expressão do perdão e, nela, somos capacitados de maneira sobrenatural, como assim também foi o sacrifício de Jesus, tornando-a vazia para nos encher de coragem.

Nosso coração nos trai, e Jeremias 17.9 diz que ele é corrupto e tendencioso para o mal. Ainda carregados pela maldade da nossa carne, com a qual lutamos dia a dia (Romanos 7.17-19), não nos sentimos derrotados, pois olhamos para o vazio da cruz de onde brota perdão, esperança, reconciliação e novos começos.

Imagino como seria a nossa vida sem o vazio da cruz – seríamos os mais infelizes dos homens (1 Coríntios 15.19). Nossa oração precisa ser de contemplação da realidade da cruz vazia, entendendo que Aquele que a tornou assim, vazia, é o mesmo que diz: “Sem mim nada podeis fazer” (João 15.5)

Pr. Antonio Mendes


Casado com Cida Mendes, pai de três filhos e avô de quatro netos.

Pastor da Primeira Igreja Batista de Atibaia há 37 anos.

Presidente/ fundador do Ministério Pregue a Palavra

Foi presidente da Ordem dos Pastores Batistas Secção São Paulo, Presidente da Convenção Batista do Estado de São Paulo e membro da Junta de Missões Mundiais da CBB.


#AntonioMendes #Outros #Pastorais

0 visualização

11 4412-6679

"FALA COM SABEDORIA E ENSINA COM AMOR."

Proverbios 31:26