• Equipe Mulher da Palavra

Quando ele não é o líder espiritual que você esperava. por Lara d’Entremont


        Naquele dia, no altar, lá estava ele, lindo, alto, com um sorriso iluminando todo o seu rosto. Quando você subiu no altar e pegou a mão dele, todos os sonhos do casamento passaram diante dos seus olhos: os estudos bíblicos juntos à mesa de jantar com um café nas mãos, as discussões teológicas até tarde da noite, bilhetes de amor e recadinhos no espelho do banheiro e a condição de poder vir à ele com qualquer problema, sabendo que ele responderia com amor e sabedoria.

        Talvez esta seja a realidade da lua de mel e até mesmo um tempo depois. Até que um dia ele perde a paciência numa discussão. E o emprego dele faz com que ele tenha que sair antes de vocês lerem a Bíblia juntos. E ele prefere ficar no celular do que discutir teologia com você. Além disso, você nunca recebe aqueles bilhetinhos que tanto queria.

        Enquanto nossas expectativas e sonhos são lentamente feitos em pedacinhos e jogados ao vento, podemos nos sentir desencorajadas, iradas, sem esperança, amargas e feridas. O que fazer com tais sentimentos? Como trazer de volta o amor que tínhamos no altar?

AVALIANDO AS EXPECTATIVAS

O Seu Marido Não É Cristo

        Os romances cristãos e os livros sobre casamento que lemos muitas vezes podem nos colocar estas expectativas. Eles contam histórias de homens que eram grandes líderes espirituais em seus lares e guiaram suas esposas à santidade através de longas caminhadas na praia, lava-pés, estudos bíblicos e cartas de amor encorajadoras. Embora seja um desejo correto que seu marido seja um líder espiritual, eu acho que às vezes nós esquecemos que casamos com um pecador. Ele não vai liderá-la com perfeição, nem amá-la perfeitamente ou cuidar de você perfeitamente. Ele é um pecador e inevitavelmente vai pecar.

        Embora seu marido seja chamado para amar você como Cristo amou a Igreja, ele nunca o fará perfeitamente. Felizmente, Cristo já o fez. Cristo ama você perfeitamente, a ponto de morrer por seus pecados (Jo. 3.16). Ele não desaponta você, nem jamais o fará. Ele lhe levará à santidade de modo muito melhor que seu marido, pois Ele lhe santificará até que você seja uma obra completa (Fl. 1.6). E em nada disso Cristo mudará, uma vez que Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre (Hb. 13.8).

        Não estou pedindo que espere o pior de seu marido. Mas lembre-se que ele não é seu salvador. Antes de considerar todas as maneiras nas quais ele falhou, lembre-se que ele é um pecador, igual a você, que precisa do Salvador para santifica-lo. Quando você começar a ver seu marido desta forma, será mais fácil mostrar graça.

O Seu Marido Não É O Marido Dela

        Outra tentação que podemos encarar é comparar nossos maridos com o marido de outra mulher. Por que ele não é igual ao marido da minha irmã? – olha como ele trata bem a ela e aos filhos. Ou por que ele não parece com o marido da minha amiga, que passa mais de uma hora por dia com a Palavra de Deus e está sempre ensinando a Eles o que está aprendendo?

        O meu marido não tem muito tempo. Ele sai pro trabalho bem cedo, onde trabalha por longas horas. E ele tem um trabalho que exige dele fisicamente, então, quando chega em casa, ele está cansado. E não só isso, ele passa todas as noites livres reformando a casa para prepará-la para o bebê.

        Se eu comparar o tempo de estudo bíblico do meu marido com o tempo de leitura do pastor (cujo trabalho principal é estudar a Bíblia e ler livros para ensinar à nossa igreja), eu vou acabar pensando que meu marido não está fazendo tudo que deveria. Mas eu não posso colocar nele as mesmas expectativas, porque ele não tem a mesma tarefa que meu pastor tem.

        Entretanto, meu marido tem mais tempo para ouvir. Por esta razão, investimos dinheiro em áudio-livros e fones decentes para que ele possa aprender mais sobre Deus e Sua Palavra enquanto trabalha ou dirige. Também arrumamos tempo em nossas noites para passarmos de trinta a sessenta minutos lendo a Bíblia juntos. Isto é algo que meu marido pode e gosta de fazer.

        Eu quero encorajá-la a parar de comparar seu marido a todos os outros homens ao seu redor e começar a olhar para os seus pontos fortes e as coisas boas que ele faz. E então encoraje-o a continuar fazendo tais coisas.

5 MANEIRAS PRÁTICAS DE ENCORAJAR O SEU MARIDO NA FÉ

1. Ore por ele.

Lembre-se de orar por seu marido diariamente. Peça a Deus para fortalecê-lo nas áreas da vida em que ele é fraco. Peça a Deus para que ele tenha o desejo de estar na Palavra. Ore para que seu marido lute para glorificar a Deus em tudo que ele faz. Também agradeça a Deus pelas muitas maneiras com que ele a abençoa.

2. Compartilhe o que está aprendendo.

Se você tem mais tempo para estudar, ler e ouvir do que o seu marido, então aproveite a oportunidade para compartilhar o que está aprendendo. Na minha vida, estas muitas vezes se tornam oportunidades para termos conversas bem edificantes juntos.

3. Encoraje-o e admoeste-o.

Precisa haver equilíbrio entre este dois. Precisamos encorajar nossos maridos quando estão indo bem, mas gentilmente corrigi-los quando não estão obedecendo a Deus.

 4. Dê a ele oportunidade para aprender e ter comunhão com outros homens.

Minha tentação é quer ter cada momento que meu marido tem em casa para mim. Entretanto, eu sei que assim como eu preciso de tempo com outras mulheres para crescer, ele também precisa de tempo com outros homens. Encoraje-o a passar tempo com homens maduros da igreja.

5. Peça a ele para orar ou ler a Bíblia com você.

Nós podemos dar dicas discretas, mas nossos maridos muitas vezes não entendem (nossos maridos não leem mentes). Ao invés de esperar por ele para querer orar e ler a Bíblia, experimente pedir primeiro e amorosamente explicar o quanto isto é importante para você.

Pode ser desencorajador e doloroso às vezes quando nossos maridos não são os líderes espirituais que esperávamos e orávamos. Mas ao invés de permitir que o desânimo torne-se desespero e a dor se torne amargura, primeiro volte-se para Cristo, lembrando que ele apenas é o líder espiritual perfeito. E então busque avaliar suas expectativas acerca do seu marido e encontre maneiras pelas quais possa encorajar seu crescimento na fé. 

Lara d’Entremont



Fonte: Revive our hearts. Website: reviveourhearts.com.

Traduzido com permissão. 


Título original:  When He’s Not the Spiritual Leader You Expected


Tradução: Viviane Andrade


Lara d’Entremont é uma conselheira bíblica em treinamento, e seu desejo é ensinar as mulheres a se voltarem para a Palavra de Deus no meio da sua vida diária e sofrendo para encontrar as respostas de que precisam. Ela quer ensinar as mulheres a amar a Deus com suas mentes e corações. Lara é casada com Daniel e eles moram na Nova Escócia, no Canadá.

#Feminilidade

2 visualizações

11 4412-6679

"FALA COM SABEDORIA E ENSINA COM AMOR."

Proverbios 31:26