• Equipe Mulher da Palavra

Uma oração pelas mulheres. por John Piper


O meu verdadeiro desafio e oração por você é. . .

. . . Que toda a sua vida – em qualquer vocação – seja dedicada à glória de Deus.

. . . Que você confie tanto nas promessas de Cristo que a paz, a alegria e a força, ao transbordar, completem sua alma.


. . . Que esta plenitude de Deus transborde nos atos diários de amor para que as pessoas possam ver suas boas ações e dar glória ao seu Pai Celestial.

. . . Que você seja mulher do Livro, que ama, estuda e obedece à Bíblia em todas as áreas do seu ensino; que a meditação sobre a verdade bíblica seja fonte de esperança e fé; que você continue a crescer na compreensão através de todos os capítulos de sua vida, nunca pensando que o estudo e o crescimento são apenas para os outros.

. . . Para que você seja mulher de oração, que a Palavra de Deus seja aberta para você, e assim o poder da fé e da santidade desça sobre você; que sua influência espiritual poça aumentar em casa, na igreja e no mundo.

. . . Que você seja uma mulher que tenha uma compreensão profunda da graça soberana de Deus que sustenta todos esses processos espirituais; e que você seja uma profunda pensadora sobre as doutrinas da graça e até mesmo a apaixonada mais profunda dessas coisas.

. . . Que você esteja totalmente comprometida com o ministério, seja qual for o seu chamado específico; que você não gaste seu tempo em sabonetes, ou revistas femininas, ou hobbies, ou compras sem importância; que você redima o tempo para Cristo e seu Reino.

. . . Se você é solteira, que você aproveite plenamente a sua união em devoção a Deus (como Jesus e Paulo, Mary Slessor e Amy Carmichael) não ficaram paralisados ​​pelo desejo de se casar.

. . . Se você é casada, que você, de forma criativa e inteligente, sinceramente apoie a liderança do seu marido, tão profundamente quanto a obediência a Cristo permitirá; que você o encoraje em seu papel designado por Deus como cabeça; que você o influencie espiritualmente, principalmente por sua determinada tranquilidade, santidade e oração.

. . . Se você tiver filhos, que você aceite a responsabilidade com seu marido (ou sozinha, se necessário) para criar filhos na disciplina e instrução do Senhor – filhos que esperam no triunfo de Deus, compartilhando com seu marido o ensino e disciplina que eles precisam, e lhes dão a atenção especial que desejam de você, bem como o toque especial e o cuidado que você está preparada para dar.

. . . Que você não pense que o emprego secular é um desafio maior ou um melhor uso de sua vida do que as inúmeras oportunidades de serviço e testemunho no lar, no bairro, na comunidade, na igreja e no mundo; que você não só coloque a pergunta: carreira ou casa em tempo integral? mas que você pergunte tão a sério: carreira em tempo integral ou liberdade para o ministério? Que você pergunte: o que seria maior para o Reino – trabalhar para alguém que lhe diga o que fazer para fazer prosperar o seu negócio, ou para ser o agente livre de Deus, sonhando seu sonho sobre como seu tempo e sua casa e sua criatividade poderia prosperar o negócio de Deus? E que, em tudo isso, você faça suas escolhas não com base em tendências seculares ou expectativas de estilo de vida ascendentes, mas com base no que irá fortalecer a fé da família e promover a causa de Cristo.

. . . Que você retroceda (com seu marido, se você é casada) e trace as várias formas do ministério da sua vida em capítulos. Os capítulos são divididos por várias coisas – idade, vigor, solteirice, casamento, emprego, crianças em casa, filhos na faculdade, netos, aposentadorias, etc. Nenhum capítulo tem todas as alegrias. A vida finita é uma série de variações. Encontrar a vontade de Deus e viver plenamente para a gloria de Cristo em cada capítulo é o que a torna um sucesso.

. . . Que você desenvolva uma mentalidade e estilo de vida de tempo de guerra; que você nunca se esqueça de que a vida é curta, que bilhões de pessoas pendem no equilíbrio do céu e do inferno todos os dias, que o amor ao dinheiro é o suicídio espiritual, que os objetivos da mobilidade ascendente (roupas mais legais, carros, casas, férias, comida, hobbies) são um substituto pobre e perigoso para os objetivos de viver para Cristo com todas as suas forças e maximizar sua alegria no ministério para as necessidades das pessoas.

. . . Que, em todas as suas relações com os homens (não apenas no casamento), você procure a orientação do Espírito Santo na aplicação da visão bíblica da masculinidade e da feminilidade; que você desenvolva um estilo e comportamento que faça justiça ao papel exclusivo que Deus deu ao homem para se sentir responsável pela liderança graciosa em relação às mulheres – uma liderança que envolve elementos de proteção e provisão e um padrão de iniciativa; que você pense de forma criativa e com sensibilidade cultural (assim como ele deve fazer) em moldar o estilo e estabelecer o tom de sua interação com os homens.

. . . Que você veja as diretrizes bíblicas para o que é apropriado e inadequado para homens e mulheres, não como restrições arbitrárias à liberdade, mas como prescrições sábias e graciosas para descobrir a verdadeira liberdade do ideal de complementaridade de Deus; que você não meça seu potencial pelos poucos papéis retidos, mas pelos inúmeros papéis oferecidos; que você olhe para o Deus amoroso das Escrituras e sonhe com as possibilidades de seu serviço para ele. 

(Para uma lista detalhada de possibilidades de serviço, veja o texto:

Oportunidades para o ministério)

John Piper

Fonte: Revive our hearts. Website: reviveourhearts.com.

Traduzido com permissão. 

Título original: A prayer for Women


Tradução: Nelson Galvão


É pastor da Bethlehem Baptist Church em Minneapolis, Estados Unidos. Foi criado em Greenville, na Carolina do Sul, formou-se no Wheaton College e fez pós-graduação em teologia no Seminário Teológico Fuller e doutorado em teologia na Universidade de Munique. É autor de mais de 40 livros publicados em várias línguas e renomado conferencista internacional. Fundou o ministério Desiring God que hoje disponibiliza pela internet seus sermões e artigos dos últimos trinta anos.

#Feminilidade

3 visualizações

11 4412-6679

"FALA COM SABEDORIA E ENSINA COM AMOR."

Proverbios 31:26