• Equipe Mulher da Palavra

Bezalel, o artista, por Bianca Bonassi Ribeiro

Atualizado: 25 de Jul de 2019


Eu não imagino quantas pessoas tenham ‘passado’ por Bezalel, o artista, sem perceber a grandeza e beleza de sua vida e obra. Eu mesma, já ‘passei batido’ por ele muitas vezes, mesmo sendo uma grande admiradora das obras artísticas. Embora eu não entenda muito de arte, geralmente fico encantada com pinturas, esculturas, desenhos e música que tenham excelência artística. Fico imaginando como as ideias surgem na mente dessas pessoas e como várias obras e artistas conseguem uma harmonia perfeita. Me encanta a habilidade que eles têm de transformar materiais (madeira, metal, tela branca, tinta, etc.) em lindas peças de arte.

Sendo assim, esse artigo visa compartilhar a bela obra de um artista, conduzida pelo Maior Artista. Minha oração é para que você se encante com a criatividade de nosso Deus Pai, que escolhe pessoas comuns para fazer parte da Grande Obra de Arte.

Bezalel foi um artista que viveu na época em que o povo de Israel peregrinou pelo deserto (após a libertação da escravidão no Egito). Ao que tudo indica, ele foi bisneto de Calebe e Efrata, neto de Hur, filho de Uri e pertencia à tribo de Judá (Êx 31.1-2 e ICr 2.18-20). Enquanto estavam no deserto, Moisés foi chamado por Deus para subir ao monte, onde permaneceu por quarenta dias e noites (Êx 24. 12-18). Lá, Deus transmitiu a Moisés, todas as instruções para a construção do tabernáculo e seus utensílios. O tabernáculo era o local que simbolizava a presença Deus junto a seu povo e também era o local onde os israelitas adorariam a Deus até chegarem na Terra Prometida. Enquanto Deus transmitia as instruções a Moisés, note o que Ele disse em Êxodo 31.1-11:

O Senhor disse a Moisés: Veja, escolhiespecificamente Bezalel […] Enchi-o do Espírito de Deus e lhe dei grande sabedoria, habilidade e perícia para trabalhos artísticos de todo tipo. Ele é exímio artesão, perito no trabalho com ouro, prata e bronze. Tem aptidão para gravar e encravar pedras preciosas e entalhar madeira. É mestre em todo trabalho artístico. Para ajudá-lo, designei pessoalmente Aoliabe […] Além disso, conferi habilidade especial a todos os artesãos de talento para que façam tudo que lhe ordenei […] Os artesãos devem fazer tudo conforme eu lhe ordenei (grifo meu).

De certa forma, Bezalel – cheio do Espírito de Deus – simbolicamente expressava o trabalho artístico do Espírito Santo. Isso porque ele recebeu de Deus a sabedoria, habilidade, perícia, aptidão e capacidade para ensinar os outros artistas. A obra que Bezalel encabeçaria culminaria em adoração a Deus, sendo assim, a função dele era coordenar e realizar a construção do tabernáculo.

O endosso e confirmação do chamado e capacitação de Bezalel ocorreu publicamente quando Moisés repediu a mesma descrição sobre este artista, ao povo de Israel, em Êxodo 35.30-35 e 36.1. No entanto, em Êxodo 36.2 há um detalhe interessante: “Moisés chamou Bezalel, Aoliabe e os demais artesãos especialmente capacitados pelo Senhor e que estavam dispostos a realizar a obra” (grifo meu). Esse versículo mostra que Bezalel seria o líder, mas havia espaço para outros artistas capacitados por Deus e que estavam dispostos a contribuir com a construção do tabernáculo. A partir desse versículo notamos a interligação entre a capacitação dada por Deus e a disposição de coração em querer ser usado por Ele.

Ao longo da descrição sobre a construção do tabernáculo, nos capítulos 36, 37, 38 e 39 há a relação da obra artística de Bezalel, e esta lista está resumida no quadro abaixo:

Bezalel enfeitou as cortinas do Tabernáculo.

Êx 36.8

Bezalel fez laços e colchetes de ouro para prender as cortinas.

Êx 36.11-12

Bezalel juntou as cortinas e fez a cobertura da tenda – com uma camada protetora feita de peles de carneiro tingidas de vermelho.

Êx 36. 16-19

Bezalel construiu armações, travessões e bases para sustentar o tabernáculo. Os materiais utilizados foram, madeira, prata e ouro.

Êx 36.20-34

Bezalel fez uma cortina especial, finamente bordada com querubins, para o interior do tabernáculo. E outra cortina para entrada da tenda.

Êx 36. 35-37

Bezalel fez a arca e modelou querubins de ouro para a tampa da arca.

Êx 37.1-9

Bezalel fez a mesa de madeira e revestiu com ouro, fez também todos os utensílios para a mesa.

Êx 37.10-16

Bezalel fez um candelabro de outo, rico em detalhes (enfeites).

Êx 37.17-24

Bezalel fez o altar de incenso usando madeira e revestindo-o com ouro.

Êx 37. 25-28

Bezalel preparou o óleo perfumado para o incenso, ele usou a técnica de um perfumista.

Êx 37.29

Bezalel construiu o altar dos holocaustos, usou madeira e revestiu com bronze. Com este mesmo metal, ele fez os utensílios do altar e a bacia.

Êx 38.1-8

Bezalel fez o pátio, que era fechado com cortinas de linho finamente tecido. Pendurou-as com ganchos e argolas. Tudo estava sustentado sobre bases e estacas de bronze.

Êx 38.9-20

Bezalel confeccionou o colete sacerdotal, o peitoral (com grande habilidade e cuidado), as outras peças de roupas para os sacerdotes dentre elas os turbantes e a tiara sagrada – o emblema de santidade – com a inscrição: “Santo para o Senhor”.

Êx 39. 1-30

A lista da obra de Bezalel é enorme! Claro que ele contou com a ajuda de outros artesãos/artistas, como vimos anteriormente (Êx 36.2). No entanto, ele foi responsável por coordenar a obra, ensinar os demais artesãos e orquestrar para que tudo fosse feito de acordo com o definido por Deus. Note o que a Palavra de Deus diz:

Bezalel […]fez tudo exatamente conforme o Senhor havia ordenado a Moisés. Recebeu a ajuda de Aoliabe […], artesão perito em gravar, projetar e bordar em linho fino com fios de tecido azul, roxo e vermelho. […] Os artesãosconfeccionaram belas roupas […] conforme o Senhor havia ordenado a Moisés (Êxodo 38.22-23; 39.1 – grifo meu).

Depois que toda obra artística havia sido concluída, Deus disse a Moisés: “Arme o tabernáculo, a tenda do encontro, no primeiro dia do primeiro mês. […] Então, a nuvem cobriu a tenda do encontro e a glória do Senhor encheu o tabernáculo (Êx 40.1-2; 34 – grifo meu)”. Incrível perceber como um Deus Santo e Poderoso permitiu que pessoas contribuíssem com a sua obra artística. Ele permitiu que sua glória também fosse dividida com Bezalel e Ele fez isso por amor, não para que Bezalel se enchesse de orgulho, mas para que Deus fosse glorificado, justamente por um ser humano – cheio do Espírito de Deus – que atendeu ao chamado de Deus e fez conforme o Senhor havia ordenado.

Havia um propósito em ceder tamanha honra a Bezalel, este homem, assim como alguns outros personagens bíblicos serviu como uma pequena ilustração didática do mistério da obra artística que o Espírito Santo realiza em todos aqueles que aceitaram o sacrifício de Jesus, na cruz, e o tornaram seu Senhor. Uma das funções do Espírito Santo é coordenar, ensinar e orquestrar a Obra Artística de Deus juntando e moldando individual e coletivamente cada um dos filhos de Deus. Conforme Hebreus 8.1-2:

O mais importante é que temos um Sumo Sacerdote sentado no lugar de honra à direita do trono de Deus Majestoso no céu. Ele ministra ali no verdadeiro tabernáculo, o santuário construído pelo Senhor, e não por mãos humanas (grifo meu).

O tabernáculo construído por Bezalel e sua equipe serviu como imagem simbólica de uma verdade maior. Deus, em sua didática perfeita, nos apresentou por meio da vida e obra de Bezalel, o artista, como uma vida disposta nas mãos D’Ele pode ser moldada e transformada pelo processo de santificação crescente. Essa história também ilustrou como cada “peça individual” faz parte de um conjunto maior, que quando unido ao todo harmoniza perfeitamente no conjunto da obra.

Por fim, ao estudarmos a vida e obra de Bezalel, percebemos como o artista transforma com habilidade e destreza “materiais brutos” em obras de arte. No caso de seres humanos pecadores, essa transformação só pode ser feita por um Artista Habilidoso, o Espírito Santo de Deus. Portanto, nosso desafio é cultivar a disposição de coração necessária para que nos deixemos moldar nas mãos do Grande Artista.

Bianca Bonassi Ribeiro



#BiancaBonassiRibeiro

33 visualizações

11 4412-6679

"FALA COM SABEDORIA E ENSINA COM AMOR."

Proverbios 31:26