• mulherdapalavra

Jovem mãe, você pode ler a Bíblia


Por Abigail Dodds |


Quando eu tinha 12 anos, a Bíblia ganhou vida para mim. Lembro-me de ficar acordada até tarde para ler sob minhas cobertas. Eu a levaria comigo aonde quer que fosse, buscando tempo para lê-la, engolindo alguns versos aqui e ali. Por fim, meu apetite voraz pela Bíblia estabeleceu um ritmo e uma dieta constantes. Na faculdade, encontrei um ritmo diário de leitura que se adequava à minha agenda e me acompanhou até o casamento. Porém, tudo isso pareceu mudar quando Deus me deu filhos pequenos.


Eu ainda queria ler sua Palavra, mas tive dificuldade em encontrar um ritmo que funcionasse. Porque bebês e crianças pequenas têm necessidades e horários variáveis, eu também. As coisas estavam sempre mudando! Dos cochilos ao número de horas dormidas durante a noite, às prioridades do ensino doméstico – meus dias com várias crianças pequenas eram uma mistura estranha de repetição implacável e ajuste constante às mudanças.


O caos me fez perguntar o que muitas mães cristãs perguntaram em algum momento ou outro: Quando a mamãe vai estar com Deus?


Manhãs cedo para mães


Enquanto eu lutava para encontrar uma maneira consistente de ler a Bíblia, lembro-me claramente da sensação de desamparo quando uma pessoa bem-intencionada me disse que eu só precisava acordar muito cedo e ler antes que as crianças acordassem. Naquela época, eu ficava acordada várias vezes durante a noite com um recém-nascido, enquanto ainda cuidava de crianças o dia todo. A ideia de abandonar ainda mais o sono parecia não apenas fisicamente impossível, mas extremamente imprudente para meu bem-estar e para o bem-estar das crianças dependentes sob meus cuidados.


“Não há livro tão relevante ou poderoso em transformá-la em uma esposa ou mãe mais piedosa do que a Bíblia.”


Talvez, como eu, você se encontre em uma situação semelhante. Talvez abandonar as horas fisicamente necessárias (e muitas vezes muito poucas) de descanso noturno ordenado por Deus não seja uma solução sustentável para o seu problema de leitura inconsistente ou inexistente da Bíblia. Então qual é a solução? Primeiro, você deve conhecer sua necessidade desesperada da Palavra de Deus todos os dias. Então você deve reconhecer que a Palavra de Deus é mais preciosa do que você pode imaginar e seus ideais sobre como lê-la são menos preciosos do que você pode imaginar.


Você precisa da Bíblia todos os dias


Uma dificuldade para começar a ler a Bíblia é que, até que comecemos a ler a Bíblia regularmente, nosso apetite não será despertado para lê-la. Em outras palavras, nossa fome por Deus em sua Palavra não é despertada antes de lermos, mas enquanto lemos.


A Bíblia é a grande reveladora. Mostra-nos o Deus que nos criou, nos possui, está justamente zangado conosco por nossos pecados e nos ama tanto que absorveu sua raiva por nós enviando seu Filho para morrer em nosso lugar e ressuscitar. Mostra-nos a nós mesmos: nossa rebelião, nossos medos, nosso orgulho, nossa vergonha, nosso deserto e nossa redenção pelo sangue de Jesus. Conta-nos a nossa história – a história do povo de Deus, com todos os seus pecados colossais e tempos gloriosos de obediência. Mostra-nos o que não devemos e o que devemos fazer. Não há nenhum livro na terra que possa lhe dar tanta ajuda prática diária para matar o pecado e viver para Deus. Não existe livro tão relevante ou poderoso para transformá-la em uma esposa, mãe, filha, irmã ou amiga mais piedosa.


A Palavra de Deus não é um romance que você consome e anota. Não é uma garrafa de vinho anual que você guarda para uma ocasião especial. Ela é o nosso pão espiritual diário (Lucas 4:4). Como tal, quando a lemos, estamos simplesmente nos alimentando e nos fortalecendo para uma caminhada diária com Jesus. Estamos fortalecendo nossos braços para nossas tarefas cristãs diárias. Estamos fortalecendo nossos olhos para ver tudo ao nosso redor com os olhos de Cristo. Estamos ajustando nossos ouvidos para discernir a verdade da falsidade e para distinguir a voz de Deus da voz do maligno.


Quando paramos de comer a Palavra de Deus todos os dias, ficamos espiritualmente fracas – e não o tipo de “fraca” que Deus ama (2 Coríntios 12:9). A fraqueza da fé alimenta o desespero diário de conhecer a Deus por meio da leitura de sua Palavra. Esse é o tipo de fraqueza por meio da qual o poder de Deus é aperfeiçoado.


Você pode ler a Bíblia todos os dias


Quando meu pai era jovem em West Point, ele se viu oprimido pela dificuldade de suas aulas. Ele frequentemente me contava histórias sobre seu colega de quarto que usava todos os seus momentos “intermediários” para estudar. Seja utilizando os minutos livres de espera na fila para almoçar ou aproveitando as lacunas de tempo entre as aulas, seu colega de quarto foi capaz de reduzir seus estudos resgatando os momentos perdidos. Meu pai adquiriu esses hábitos e descobriu que as aulas que antes o oprimiam agora eram administráveis.


Usei os mesmos métodos de estudo dele na época da faculdade, mas demorei um pouco mais para perceber que eles também se aplicavam à minha vida opressiva de mãe. Comecei a perceber que tinha minutos aqui e ali que poderiam ser usados ​​para a leitura da Bíblia se eu estivesse disposto a ajustar minhas expectativas de como seria meu tempo de leitura da Bíblia.


E se eu pudesse ler minha Bíblia enquanto amamentava o bebê? E se eu pudesse ler minha Bíblia enquanto as crianças brincavam no andar de baixo e o bebê estava cochilando? E se eu pudesse ler sentada no carro depois de chegar em casa do parque, com todas as crianças ainda dormindo em seus assentos? E se, ao não conseguir voltar a dormir no meio da noite depois de acordar com o bebê, abrisse minha Bíblia e a lesse, em vez de ruminar sobre os problemas da vida? E se eu pudesse despertar minha fome de 12 anos pela palavra de Deus, quando a carregasse comigo para todos os lugares e me espremesse para ler alguns versículos aqui e ali?


“Queridas colegas mães, vocês podem ler a Bíblia, mas ainda mais do que isso, vocês podem se interessar por ela.”


E além de ajustar a Bíblia aos tempos “intermediários”, o que aconteceria se eu aprendesse a adiar tarefas menores e priorizar essa necessidade vital? E se ler esses três capítulos em Esdras fosse mais importante do que fazer limpeza imediatamente após o almoço? E se eu forçasse minha programação a girar em torno da leitura da Palavra, em vez de vice-versa? E se a Palavra de Deus não for vazia, mas realmente for nossa própria vida (Deuteronômio 32:47)? Como isso mudaria meu consumo diário dela?


Flexibilidade e Consistência


Veja, o conselho de se levantar bem cedo, antes que as crianças acordassem, a fim de ler a Bíblia é basicamente um bom conselho e se esse é o seu hábito, encorajo-a a continuar nele. Assume que ler a Palavra de Deus é melhor do que dormir e de fato é! Mas, no caso de mães com filhos pequenos, também assume que ler a Palavra de Deus é um esforço inflexível e solitário no qual devemos escolher entre o sono necessário e a leitura necessária da Palavra de Deus. Embora possa ser o caso em certos momentos, nem sempre é o caso.


Ler a palavra de Deus é algo que pode ser feito com crianças por perto. Isso pode ser feito com um bebê nos braços. Isso pode ser feito por meio de seu marido lendo as Escrituras em voz alta para você durante a mesa de jantar. Pode ser feito pela manhã, tarde ou noite.


Quando você é mãe de crianças muito novas, uma ferramenta importante de que você precisa para se manter alimentada com a Palavra de Deus durante esses anos muito curtos (embora muito longos) é a flexibilidade na forma como você lê, junto com a consistência na leitura. Seja flexível sobre como você lê a Palavra de Deus e inabalavelmente consistente ao lê-la. “Ó, prove e veja que o Senhor é bom! Bem-aventurado o homem que nele se refugia!” (Salmo 34:8).


Ler a Palavra de Deus é um dever, da mesma forma que beber água no deserto é um dever. Isso é um trabalho da mesma forma que tomar o café da manhã é um trabalho. Isso é trabalhoso da mesma forma que correr para encontrar seu Pai amoroso é trabalhoso. Isso é tedioso da mesma forma que receber uma herança é tedioso. Queridas colegas mães, você pode ler a Bíblia, mas ainda mais do que isso, vocês começam a se interessar por ela. Deixe de lado todo e qualquer motivo que a esteja impedindo de fazê-lo e deixe Deus despertar sua fome por Ele ao ouvi-lo em sua Palavra.

Abigail Dodds é esposa, mãe de cinco filhos e formada pelo Bethlehem College & Seminary. Ela é autora de (A)Typical Woman: Free, Whole, and Called in Christ (2019), traduzido e publicado pela Editora Fiel (2021).

Texto Orginal: Young Mom, You Can read the Bible.

In: Desiring God


Tradução: Tiago Silva

268 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo